atrações joanesburgo

City Tour Joanesburgo: explore a cidade

Quem viaja para Joanesburgo adora fazer um City Tour completo na cidade para aproveitar as atrações culturais e históricas! Então, se seu objetivo é montar um bom roteiro e passear em todos os pontos turísticos, o nosso artigo traz o melhor itinerário para fazer a sua City Tour por lá.

Sobre Joanesburgo

Joanesburgo é conhecida como a cidade ouro da África do Sul, uma vez que a fonte de renda da região era o comércio de ouro e diamantes. Atualmente, Joburg é a maior cidade do país e considerada um dos principais núcleos urbanos sul-africanos.

A cidade também foi lar do líder e ativista Nelson Mandela, como resultado muitos pontos turísticos fazem referência a sua história e luta anti-apartheid. Além disso, Joanesburgo foi uma das sedes durante a Copa do Mundo de 2010, ou seja, é possível ver o incrível estádio FNB em sua visita.

A seguir você conhecerá mais sobre essa e mais algumas das principais atraçõe de Joburg.

Constitution Hill

O Constitution Hill é a primeira parada da City Tour em Joanesburgo. O local abrigou por muito tempo uma prisão e um forte militar. Agora, em seu lugar funciona o Tribunal Constitucional da África do Sul e também um museu que explica a história da democracia sul-africana.

A visita inclui um passeio explicativo sobre o Forte Antigo, a Cadeia Feminina e a seção Número Quatro, destinada para negros. Alguns dos ex-presos políticos que passaram pela Constitution Hill são: Mahatma Gandhi, o fundador do Congresso Pan-africanist,a Robert Sobukme e o ex-presidente do Congresso Nacional Africano, Albert Luthuli.

Com o propósito de abrir espaços para mais discussões, o local também hospeda exibições temporárias de artistas e historiadores sul-africanos. Assim, se você já visitou os programas regulares e quiser visitar novamente o museu, é possível conhecer novas ideias e atividades.

Entrada: R75 para adultos, R35 para crianças;

Horário: Segunda a Domingo, 9h às 15h.

Nelson Mandela Bridge

A Nelson Mandela Bridge é a maior ponte estaiada da África do Sul. A ponte possui 284 metros de comprimento e conecta duas áreas importantes da cidade de Joanesburgo: Braamfontein e Newtown.

O projeto foi pensado de forma a modernizar o centro da cidade, sendo assim a ponte é um marco bastante conhecido e já virou atração. Você logo a reconhecerá ao fazer a City Tour, ela sempre é iluminada com as cores do arco-íris ao anoitecer.

Gold Reef City

city tour joanesburgo

A próxima parada da City Tour por Joanesburgo é o Gold Reef City, parque de diversões localizado em uma antiga mina de ouro da cidade. A mina ficou aberta até 1971, ao finalizar as atividades foi decidido que o espaço poderia ser usado para entretenimento. Por lá, é possível encontrar montanha-russa, roda gigante, chapéu mexicano, teatro 4D e muito mais. Uma verdadeira diversão para toda a família.

Aproveite para fazer um lanchinho nos restaurantes dentro do parque e também conhecer mais sobre as minas de ouro no Museu do Gold Reef City. O espaço divide o estacionamento juntamente com o Museu do Apartheid, aliás, não existe taxa para estacionar seu carro.

Entrada: R200 por pessoa;

Horário: Sexta a Domingo, 9h30 às 17h.

Museu do Apartheid

O Museu do Apartheid é uma das atrações mais procuradas por quem visita Joburg, principalmente devido ao história de luta da cidade contra o regime segregacionista. O espaço conta com um acervo de fotografias da época, filmagens e quadros explicativos.

A inauguração ocorreu em 2001 e desde então esse é um dos principais museus sobre o Apartheid na África do Sul. Além da exposição regular, existem atividades e programações temporárias pelo local, acesse o site para saber mais sobre.

city tour joanesburgo

Assim que você adquire o ingresso, já consegue se sentir inserido no momento histórico. Cada visitante entra por uma porta, uma delas para “non-whites” e outra para “whites”, assim como ocorria na época do regime. O propósito é demonstrar que o povo sul-africano precisa se distanciar daquele passado e se preparar para um futuro mais igualitário.

Entrada: R150 por pessoa;

Horário: Segunda a Domingo, 9h às 17h.

Mandela Square

city tour joanesburgo

Todo turista que viaja para Joanesburgo já ouviu falar da Mandela Square. A praça fica localizada em Sandton, bairro comercial bem conhecido na área. Dentro do complexo existe uma estátua em homenagem a Nelson Mandela, por isso o local possui este nome.

Aproveite o ponto turístico para tirar fotos com o monumento, experimentar os restaurantes de culinária sul-africana e comprar alguns souvenirs da viagem.

Entrada: gratuito;

Horário: Segunda a Sábado, 9h às 19h;Domingos e feriados, 9h às 18h.

Soweto

City Tour Soweto

O bairro de Soweto também não pode ficar de fora de sua City Tour, afinal, sua história é de extrema importância para Joanesburgo. Hoje em dia, o distrito é lar de mais de um milhão de pessoas e compõe uma área de 200 km².

A história do bairro está extremamente ligada com o Apartheid. Durante o regime, os negros foram expulsos dos “bairros brancos”, por consequência muitos foram parar em townships como Soweto.

Com o subúrbio crescendo, mais pessoas se interessaram em se unir para lutar por seus direitos. Nesse sentido, destacaram-se dois ativistas: Nelson Mandela e Bispo Desmond Tutu. Ambos são ganhadores do Nobel da Paz por sua busca de uma sociedade sul-africana mais igualitária.

Sendo assim, visitar o bairro é como conhecer uma parte do passado que a África do Sul. 

Por lá você conhecerá a Orlando Towers, a Casa de Mandela e o Museu Hector Pieterson.

Mandela House

A Mandela House fica no bairro de Soweto, mais precisamente na 8115 Orlando West, esquina das ruas Vilakazi e Ngakane. O líder sul-africano se mudou para a casa em 1946, juntamente com sua primeira esposa, Evelyn Ntoko Mase. Após alguns anos, se divorciou e passou a viver no local com a sua segunda esposa, Nomzamo Winifred. Durante seus anos de prisão, Winnie permaneceu nas acomodações e participava de protestos contra o regime segregacionista.

A casa se tornou patrimônio público e atualmente é um memorial. O acervo conta com fotos e réplicas dos móveis da época em que o ativista viveu ali. Com toda certeza será um passeio de muito aprendizado.

Entrada: R60 para adultos; R20 para crianças;

Horário: Segunda a Domingo, 9h às 16h45.

Qual melhor época para fazer a City Tour?

Os passeios podem ser feitos em qualquer época, porém quem visita a cidade durante as férias de verão, entre dezembro e fevereiro, consegue aproveitar diferentes atrações. Existem diversas atividades diferentes e os passeios regulares também oferecem exposições temporárias diferenciadas.

Além do City Tour: Pretória e Cradle of Humankind

Ao terminar a sua City Tour, você certamente vai querer conhecer mais lugares na África do Sul. Então, trazemos duas dicas de passeios imperdíveis para adicionar no seu roteiro:

Pretória

A cidade de Pretória se localiza a apenas trinta minutos de Joanesburgo. Ela é uma das quatro capitais do país, cada uma delas representa um poder. Nesse sentido, Pretória atua como a Capital Executiva.

Muitos turistas colocam o destino em seu roteiro, pois o lugar é bem tranquilo e oferece paisagens lindas. Ao contrário de Joanesburgo, Pretória possui bastante áreas verdes e mais de 100 parques. Entre eles, estão o Jardim Botânico e Wonderboom Nature Reserve.

Monumento Voortrekker

Um ponto turístico bastante visitado na cidade é o Monumento Voortrekker. Essa é uma homenagem aos imigrantes pioneiros que partiram de Cape Town para povoar o interior da África do Sul.

Berço da Humanidade

O Berço da Humanidade está localizado a cinquenta minutos de Joanesburgo, portanto muitos viajantes gostam de adicionar essa atração em seus roteiros. O lugar é conhecido como um dos sítios hominídeos mais ricos do mundo, posto que muitos fósseis e vestígios dos primeiros humanos foram encontrados na região.

Em 1999, a área foi declarada como Patrimônio Mundial da UNESCO. Sem dúvida, vale a pena entender um pouco mais sobre nossos ancestrais. A evidência mais antiga encontrada data de três milhões de anos ou mais.

No local, ainda é possível visitar o Maropeng Visitor Centre, uma exposição autoguiada e interativa sobre o nascimento da humanidade. Por último, você pode se aventurar nas Sterkfontein Caves, um conjunto de cavernas onde vários fósseis foram encontrados, incluindo a famosa “Sra. Ples” – com 2,3 milhões de anos de idade.

Entrada: R100 para maiores de 6 anos;

Horário: Sexta a Domingo, 9h às 16h30.

Reserve sua City Tour em Joanesburgo

Ficou com vontade de fazer esse roteiro? Então, reserve conosco a sua City Tour, o serviço inclui transporte, guia em português, além dos ingressos para o Museu do Apartheid e Mandela House.

Joanesburgo

Joanesburgo: Guia Completo

Está planejando uma viagem para Joanesburgo? Então você não pode deixar de ler o nosso guia completo antes de embarcar nessa aventura. Saiba mais sobre os melhores passeios da cidade e confira dicas de onde se hospedar.

Abordaremos aqui:

O que é preciso para viajar?

Passagem e passaporte

Não podemos deixar de começar pelo principal: a passagem e o passaporte. Atualmente, por conta da covid-19, não existem voos diretos do Brasil para Joanesburgo. Até então, a Latam fazia esses voos e a expectativa é que retornem em breve. Enquanto isso não ocorre, você pode optar por comprar suas passagens com a Qatar, o embarque é feito em São Paulo, com escala em Doha e destino final em Joburg. Outras companhias que também atendem essa demanda são a  Swiss, Turkish Airlines e Ethiopian Airlines.

Itinerário Qatar – São Paulo x Joanesburgo

Após realizar a compra de passagem, é indispensável ter o comprovante de ida e volta na hora de embarcar. Esse documento é entregue ao passageiro assim que adquire o bilhete, seja de forma impressa ou via e-mail, e deve ser apresentado ao passar pela imigração.

Também é necessário ter em mãos o passaporte, ele precisa estar com validade de no mínimo um (1) mês e duas páginas em branco para o carimbo da imigração. Uma ótima notícia é que os brasileiros não precisam de visto para viagens de até 90 dias na África do Sul. 

Seguro viagem

Devido a covid-19, o seguro viagem passou a ser obrigatório para viajar à África do Sul. Dependendo de qual seguro for contratado, é possível ter acesso a assistência médica, reembolso em caso de extravio de mala, seguro de vida e muitos outros serviços. Por isso, cabe a você escolher aquele que vai atender aos seus objetivos. Pense na duração de sua estadia e os tipos de passeio que planeja fazer ao decidir.

Certificado Internacional de Vacinação (CIV)

O documento em questão comprova a vacinação de doenças. Para entrar na África do Sul, é exigido a apresentação do CIV contra febre amarela no momento do check-in. Você pode tomar a dose até 10 dias antes de realizar a viagem.

Então, solicite seu CIV pelo Portal de Serviços do Governo Federal, usando o RG e o comprovante da vacinação. Em até cinco dias úteis a Anvisa libera o cartão para ser impresso. 

Teste PCR

Para viajar não é exigido o teste PCR negativo para quem já se vacinou contra o coronavírus. Se você ainda não se vacinou precisa fazer o exame em até 72h antes do embarque do primeiro voo.

Quanto custa viajar para Joanesburgo?

O preço da viagem depende de alguns fatores como hospedagem, atrações e onde você planeja comer. Uma viagem econômica de três dias em Joanesburgo fica em torno de R$ 1500, incluindo acomodação e passeios. Já o mesmo período para uma viagem de luxo pode custar entre R$ 3000 e R$ 5000.

Como chegar?

Como já mencionamos, no momento não existem voos diretos partindo do Brasil para Joanesburgo. Por este motivo, recomendamos a Qatar, que possui uma parada em Doha e, dependendo do voo, em Cape Town também. Em geral, a duração da viagem pode variar entre 25 a 40 horas. Além disso, existem outras opções como a Swiss e Turkish Airlines.

A Swiss oferece o itinerário com apenas uma parada em Zurique. Quem optar pela Turkish Airline pode embarcar em São Paulo para Joanesburgo, existem voos com apenas uma escala em Istambul e/ou com duas, parando também em Cairo. 

Partindo de Cape Town para Joanesburgo

Para os turistas que já estão em terras sul-africanas, mais precisamente em Cape Town, existem diversos modos de chegar até Joanesburgo. Através do mapa, é possível notar que as duas cidades ficam longe uma da outra, são quase 1252.6 km de distância.

Então, para chegar a Joanesburgo partindo de Cape Town é recomendado pegar um voo. Algumas companhias que fazem esse trajeto são: a Safari, a Kulula, a Airlink, a British Airlines, a South African Airlines e a Comair. A duração da viagem é em média de 2 horas e o preço é em torno de ZAR 780.

Se você busca uma experiência diferenciada e não se incomoda com viagens longas, existe a possibilidade de pegar um trem. Diversas linhas ligam as cidades sul-africanas e um desses itinerários se desloca de Cape Town para Joanesburgo.

O trem é dividido em classe econômica, primeira classe e luxo (Blue Train). Nossa recomendação é que seja escolhido entre primeira classe e luxo. Afinal, o percurso leva em torno de 26 horas para ser percorrido. Para mais informações você pode acessar o site da Shosholoza Meyl, que opera esse tipo de transporte no país.

Como ir do aeroporto para o centro de Joanesburgo?

Existem várias opções para se deslocar do Aeroporto Internacional Oliver Tambo (ORTIA) até o centro de Joburg: trem, aplicativos de transporte ou traslados particulares. A primeira opção é é pegar o Gautrain. Essa é a forma mais prática e econômica, já que o veículo é um trem de alta velocidade. Seu horário de funcionamento é entre 03:30 e 20:30, diariamente. A frequência de trens é a cada 12 minutos nos horários de pico e um trem a cada 20 minutos fora do horário de pico. Nos finais de semana e feriados tem um trem partindo a cada 30 minutos.

Também é possível usar o uber ou bolt, ambos são aplicativos de carona, verifique o preço de cada um, pois eles podem variar entre si. Se você se sente confiante dirigindo na mão inglesa, ainda é possível alugar um carro e se deslocar de forma independente.

Por outro lado, para aqueles que desejam facilidade e conforto, recomendamos a contratação de um traslado, um dos meios de transporte que mais indicamos por conta do custo-benefício. 

Melhor época para conhecer Joanesburgo

Joanesburgo tem passeios incríveis o ano todo. A cidade possui um forte turismo urbano, sendo muito procurada por sua cultura e museus. Já para quem ama estar em contato com a natureza, existem safaris próximos e santuários de animais próximos da cidade. Em ambos os casos, é bom saber que o clima e a estação podem afetar o seu roteiro. Então separamos as melhores atrações de acordo com a época do ano.

Clima 

O verão em Joburg se caracteriza por temperaturas elevadas e invernos mais amenos e agradáveis, porém mais secos. Ao longo do ano, em geral, a temperatura varia de 6 °C a 30 °C. Lembra um pouco o clima de São Paulo, por isso é válido usar roupas meia estação durante o dia e levar sempre um casaco ao sair à noite.

Março a junho

Esse período compreende as estações de outono e o início do inverno. Por ser uma meia estação, as temperaturas são agradáveis e o momento é perfeito para curtir parques, museus e safáris. Além disso, esses meses são considerados de baixa temporada, sendo assim é mais fácil economizar.

Setembro a novembro

O intervalo de setembro a novembro abrange a primavera. As chuvas aparecem pouco, então é possível fazer passeios ao ar livre. O fluxo de visitantes é baixo, ou seja, é possível fazer uma viagem mais tranquila. 

Dezembro a março

Os meses de dezembro a março fazem parte da alta temporada. Turistas procuram essa época devido ao verão, em que o tempo é quente mas as chuvas são constantes. Tenha opções de alguns passeios em ambientes cobertos para esses dias.

Devido a alta procura, os preços neste período podem estar mais caros comparados ao restante do ano. É recomendável fazer um planejamento com os principais gastos. 

Onde se hospedar?

Rosebank Mall
Rosebank por Heather Manson

Escolher onde ficar não é uma tarefa fácil. É preciso pensar em conforto, segurança e nos custos no momento de decidir. Com base nisso, separamos três bairros que costumam agradar quem visita Joanesburgo.

Sandton

Sandton é conhecido por ser um bairro mais caro quando comparado aos padrões sul-africanos, mas ainda assim é um dos lugares mais procurados para se hospedar. É possível encontrar acomodações de bom custo-benefício, sendo também bem seguro já que suas ruas sempre são movimentadas. Lá você encontrará hotéis, restaurantes e o famoso Mandela Square, praça com estátua do Nelson Mandela. Aproveite para fazer suas compras, pois o Sandton é um centro comercial bem equipado. 

Rosebank

Rosebank fica próximo a Sandton. A área é um bairro residencial, mas possui um comércio bem desenvolvido. São diversas lojas, restaurantes, shoppings e opções de entretenimento. Outra vantagem é que a região fica próxima a uma estação do metrô Gautrain. Também é possível notar galerias de arte e manifestações culturais pelas ruas, o lugar está se tornando um centro cultural no país.

Melrose

Melrose fica localizado na parte central da cidade e é uma opção para quem gosta de um ambiente mais tranquilo. É lá que fica o Melrose Arch, um complexo de lazer que possui shopping, restaurantes, lojas e hotéis. O ambiente é bem acolhedor, sendo possível passear ao ar livre em seus arredores.

Quais atrações colocar no roteiro?

Ao decidir quais atrações quer visitar, pense em que tipo de passeio mais te atrai. Algumas pessoas priorizam a visitação de monumentos históricos, outras já gostam mais de aventuras em meio a natureza.

Felizmente, em Joburg existem ambas as possibilidades para agradar o gosto de qualquer turista. As atrações podem ser visitadas de forma independente, ou então, com a companhia de um guia (nossa recomendação para 90% das viagens).

Contratar um guia turístico pode fazer uma grande diferença na sua experiência, principalmente na África do Sul. Recomendamos esse tipo de atendimento para quem gosta de entender a história da região e quer ter um olhar mais profundo sobre a população que vive ali. Existem guias que falam em Português e Inglês em Joanesburgo, lembre-se disso quando buscar o serviço. 

Passeios Urbanos

Raymond June via Flickr

Apartheid Museum

O Museu do Apartheid, inaugurado em 2001, ilustra a ascensão e a queda do apartheid. Esse regime de segregação racial foi vigente no país durante 44 anos, como resultado muitas marcas foram deixadas na sociedade sul-africana. Ao visitar o local, visitantes conhecem um pouco da história e como a África do Sul está criando um futuro mais igualitário para seu povo.

Entrada: 150 rands.

Horário: Sexta a Domingo 09h às 17h.

Soweto

O bairro de Soweto é uma das áreas urbanas mais famosas de Joanesburgo e um dos principais símbolos do regime Apartheid. Lá você poderá saber um pouco mais sobre o que representou e representa ainda a luta pela igualdade racial na África do Sul.

Os principais pontos turísticos de Soweto são:  Mandela House, Memorial Hector Pieterson e Orlando Towers.

Mandela Square

A Mandela Square é uma praça ao ar livre, localizada em Sandton. O local é assim chamado devido ao monumento em homenagem a Nelson Mandela, símbolo do Apartheid, que existe dentro do complexo. Ali você encontra restaurantes e lojas, aproveite então para experimentar a culinária sul-africana e para escolher um souvenir para lembrar da viagem.

Entrada: gratuita.

Horário: Segunda a Sábado 09h às 19h; Domingo e feriados 09h às 18h.

Constitutional Hill 

O Constitution Hill é uma antiga prisão e forte militar que foi testemunha do passado turbulento no território sul-africano, hoje em dia, abriga o Tribunal Constitucional do país. O museu conta a história da democracia na África do Sul. Existem passeios diariamente pelo recinto e você pode explorar diferentes partes (Forte Antigo, Cadeia Feminina, etc).

Entrada: 75 rands para adultos; 35 rands para crianças.

Horário: Segunda a Domingo 09h às 15h.

Mandela House

A Mandela House fica na 8115 Orlando West, esquina das ruas Vilakazi e Ngakane, em Soweto. Ela foi construída em 1945, como parte de uma licitação da cidade de Joanesburgo para novas casas. Nelson Mandela se mudou para lá em 1946 com sua primeira esposa, Evelyn Ntoko Mase. Contudo, eles se divorciaram em 1957 e, a partir de 1958, ele se juntou à casa com sua segunda esposa, Nomzamo Winifred Madikizela (conhecida como Winnie). Atualmente, o local é patrimônio público.

Entrada: 60 rands para adultos; 20 rands para crianças.

Horário: Segunda a Domingo 09h às 16h45.

Orlando Towers

Ao visitar o bairro Soweto, não deixe de passar na Orlando Towers. O local possui um bungee jump incrível, free fall e também escalada. Garanto que vai amar observar o visual lá de cima.

Entrada: 630 rands para adultos.

Horário: Quinta de 12h até o pôr do sol; Sexta das 10h até o pôr do sol; Sábado e Domingo de 10h até pôr do sol.

Top of Africa

Esse passeio permite que turistas de todo o mundo conheçam Joanesburgo do alto. Essa atração fica no edifício Carlton Centre, mais precisamente do 50º andar do arranha-céu, quem topa encarar os 223 metros de altura consegue admirar a cidade de um ângulo inesquecível.

Entrada: 30 rands.

Horário: diariamente 8h às 19h.

Reservas animais

Elephant Sanctuary

O Santuário de Elefantes é uma experiência que permite aos seus visitantes conhecerem um dos maiores mamíferos terrestres do mundo: o elefante africano. O local fica a 80 km de Joanesburgo, portanto você poderá visitá-lo em um dia.

Durante o passeio você pode aprender mais sobre os animais e até tocá-los. A equipe do local é comprometida a usar métodos de treinamento com reforço positivo, sendo assim os elefantes ficam mais relaxados para interagir com as pessoas.

Entrada: 850 rands para adultos; 375 rands de 4 a 14 anos.

Horário: Segunda a Domingo 8h, 10h e 14h.

Ukutula Center

Ukutula está situado a uma hora de carro de Joanesburgo. A reserva possui 260 hectares de savana com uma variedade de espécies selvagens, incluindo predadores e antílopes, girafas, zebras e muito mais. O local preza pela conservação através do ecoturismo sustentável.

Entrada: 1250 rands para o Day Visitor Package.

Horário: Segunda a Domingo 8h às 16h.

Outros passeios

JNB - Estádio Soccer City
O Soccer City é ponto de parada obrigatória para os amantes de futebol

Estádio Soccer City

Se você se apaixonou pela África do Sul durante a Copa do Mundo de Futebol de 2010, então vai amar conhecer o Estádio FNB. Ele possui capacidade para abrigar 95.000 pessoas e foi palco da partida entre Brasil e Costa do Marfim, na primeira fase. É possível fazer visitas internas, mas para isso é necessário fazer uma reserva por email. Mesmo que você não curta o esporte, é válido tirar uma foto da parte externa do local. O formato do lugar foi inspirado em um tipo de cerâmica africana.

Balão

Se o seu sonho é contemplar as belezas naturais por um ângulo diferente, essa é a experiência perfeita. O passeio de balão acontece na região da savana conhecida como Berço da Humanidade, que fica a 30 minutos de Joanesburgo. A AirVentures oferece dois tipos de voos: o Clássico, a partir de 2670 rands, e o Safári, a partir de 2870 rands.

A duração do voo é de 3 a 4 horas e ao final ainda existe uma comemoração com espumante.

Rosebank Craft Market

O Rosebank Craft Market é um mercado que possui  diversos produtos artesanais. Lá você encontra os melhores souvenirs para presentear ou simplesmente guardar de lembrança da viagem. O que não falta são opções para você escolher: artefatos, esculturas e pinturas representativas da herança africana, e muito mais!

Endereço:Cradock Avenue, nº 2196, Rosebank.

Entrada: gratuita.

Horário: Segunda a Quinta 9h às 18h30; Sexta 9h às 19h; Sábado 9h às 17h; Domingo 9h às 17h.

Supermercados e Farmácias

É sempre bom conhecer as redes de supermercados e farmácias de um país quando estamos preparando uma viagem. Além de facilitar muito a vida de qualquer turista, esses locais possuem itens que podem ajudar a economizar na viagem.

Clicks e Dis-Chem Pharmacy

A Clicks é uma rede de mega farmácias bem famosa na África do Sul. Lá você encontra remédios, suplementos, itens de maquiagem e até utensílios para casa. A Dis-Chem Pharmacy também é uma boa opção, existem vários setores e certamente você encontrará o que procura.

Checkers, Pick’n’Pay, Spar e Wollworths

Essas são as redes mais famosas de supermercados do país. Quem se hospeda em Rosebank encontra facilmente os supermercados Chekers e Pick’n’Pay no Rosebank Mall. Existe uma Chekers Hyper bem grande em Sandton, será impossível não levar algo ao passar por lá.

Já os mercados da rede Spar ficam um pouco mais afastados dos bairros já mencionados. Em compensação, você pode encontrá-los próximo de algumas atrações, como a unidade Hillbrow SPAR que está localizada perto do Constitutional Hill.

Com o propósito de ser uma rede mais natural, o Wollworths é ótimo para quem está em busca de produtos orgânicos e roupas, essa é a melhor dica.

Restaurantes em Joanesburgo

Marble

Se você procura uma experiência mais sofisticada, a dica é visitar o Marble. Ele está localizado em Rosebank. Seu menu inclui carnes, frutos do mar, peixes e pratos vegetarianos também.

Preço: $$$$

San Deck

O San Deck fica localizado em Sandton e pode ser uma opção para aqueles que se hospedaram na região. Lá você tem garantida a experiência completa da culinária sul-africana. Além do menu impecável, o local possui uma vista linda e um bom espaço aberto para você desfrutar na companhia da família ou amigos.

Preço:$$$

Pappas on the Square

O Pappas on the Square é quase uma parada obrigatória para visitantes que passam pela Mandela Square. O restaurante oferece o melhor da comida grega e mediterrânea. E o melhor é que você ainda consegue observar a famosa estátua de Mandela enquanto faz sua refeição.

Preço:$$$

The Signature Restaurant

The Signature Restaurant oferece um menu requintado de almoço e jantar,bem como possui uma carta de vinhos locais e internacionais. Ele fica localizado no Sandton e pode ser uma boa pedida se você procura um lugar confortável.

Preço:$$$$

Flames (Four Seasons Hotel)

O Flames é um restaurante localizado no Four Seasons Hotel. Sem dúvida pode ser uma ótima pedida para o almoço ou um brunch, a vista é linda e o cardápio agrada a todos. Existem opção vegetarianas e veganas no menu.

Preço:$$$$

Wang Thai

O Wang Thai é um restaurante tailandes, lá você encontrará os clássicos dessa culinária e também pratos especiais produzidos pelo Chef. O melhor de tudo é que ele fica na Mandela Square, aproveite para comer lá quando visitar esse ponto turístico.

Preço:$$$

Dw Eleven 13

Certamente o Dw Eleven 13 oferece a seus visitantes uma experiência única, o restaurante é conhecido por sua culinária experimental e se orgulha por criar sabores distintos. 

Preço:$$$$

Cube Tasting Kitchen

Localizado em um dos bairros mais descolados de Joburg, o Cube Tasting Kitchen possui uma cozinha aberta onde o visitante pode interagir com os Chefs do local. Ao passar por Maboneng não deixe de conferir! Existem diferentes opções vegetarianas no cardápio.

Preço:$$$$

Mozambik

O Mozambik é uma franquia de restaurantes com comida típica africana. Se você gosta de pratos com frango e carne, vai amar essa opção. Além disso, o serviço de café da manhã está disponível e pode ser uma boa escolha para levar toda a família.

Preço:$$$

Próxima parada: Joanesburgo

Aposto que depois do nosso artigo você não vê a hora de embarcar para Joanesburgo. Comenta aqui qual  destino não vai faltar no seu roteiro! E se preferir ter um roteiro personalizado, nossa especialista em África do Sul pode te ajudar! 

Pra saber mais, é só agendar um bate papo gratuito!