O Egito é um destino turístico repleto de história, monumentos antigos e muita cultura. Turistas de todo o mundo visitam o país em busca de entender um pouco mais sobre essa sociedade que fez descobertas incríveis para toda a humanidade. Se você está planejando viajar para a região, leia nosso artigo e anote todas as dicas para ter uma experiência maravilhosa.

Abordaremos aqui:

Informações Básicas

O Egito fica na parte nordeste do continente africano, o território é composto em sua maioria por desertos, onde existe pouca vegetação e as temperaturas são altas durante todo o ano. Ainda assim, o país é conhecido por possuir um dos rios mais extensos do mundo: o Rio Nilo. Em suas margens, é comum que seja feita a criação de animais e agriculturas, portanto a maioria da população vive nestes locais.

O território se estende por 1.002.000 km² e abrange a península do Sinai, onde está localizado o famoso Canal de Suez. Essa via é extremamente importante para o comércio internacional.

Devido a sua grande extensão, o país é lar de mais de 100 milhões de habitantes. Apenas a capital Cairo possui quase 20 milhões de habitantes na região metropolitana. Desse modo, ela é a cidade mais povoada da África.

Religião e Idioma

Ao viajar pelo Egito, você poderá encontrar muitas mesquitas espalhadas pelo país já que sua população é majoritariamente muçulmana. Também é importante lembrar que a região é ponte entre o nordeste da África com o Oriente Médio, inclusive o idioma oficial é o árabe.

Moeda

A moeda oficial do Egito é a libra egípcia, que pode ser identificada por siglas EGP ou LE e pelo símbolo £. 

Quais documentos preciso para viajar para o Egito?

Passaporte Egito

Visto para o Egito

Os viajantes que querem conhecer o Egito precisam de visto. Você pode obter o documento de duas maneiras: diretamente ao chegar ao aeroporto do país ou na embaixada do Egito em Brasília ou no Rio de Janeiro. O visto de entrada única é obtido no aeroporto e custa 25 dólares, lembre-se de levar dinheiro em espécie para pagar.

Visto no Aeroporto

É preciso preencher um formulário fornecido aos passageiros pela companhia aérea durante o voo. Depois de passar pela imigração, entregue os documentos e pague a taxa de serviço. O visto mais comum é o de entrada única que tem validade de 30 dias.

Visto na Embaixada

Será necessário preencher formulários, assinar alguns documentos e entregar no Consulado do Egito do Rio de Janeiro ou Brasília. O processo pode ser feito presencialmente ou através do correios.

Certificado Internacional de Vacinação

O Certificado Internacional de Vacinação deve apresentar a vacinação contra a Febre Amarela e Covid-19. A dose integral das vacinas pode ser tomada com até 14 dias de antecedência do embarque. Para pedir o certificado é necessário possuir o comprovante da vacinação dado pelo local onde a dose foi administrada.

A solicitação do CIV é feita no Portal de Serviços do Governo Federal, usando o RG e o comprovante da vacinação. Em seguida, a Anvisa faz uma análise no decorrer de cinco dias úteis e o cartão já pode ser impresso. Lembrando que o comprovante é pedido no momento do check in no Brasil.

Teste PCR

O teste PCR é exigido apenas para passageiros que não se vacinaram contra a Covid-19. O resultado do exame deve ser negativo e precisa ser feito em até 72 horas antes do embarque.

Como chegar ao Egito?

Não há voos diretos entre o Brasil e o Egito, portanto será necessário pegar alguns voos com escala até o local. O Aeroporto Internacional do Cairo (CAI) é destino de voos de várias companhias aéreas, como por exemplo a Lufthansa, Qatar e a Emirates.

Qual a melhor época para visitar o Egito?

Para escolher o melhor momento para visitar o Egito é preciso pensar no clima do país e também no seu objetivo de viagem.

No Egito, existem duas principais estações: inverno, de outubro a abril, e verão, de maio a setembro. Durante os meses de verão as temperaturas são altas, podendo chegar até a 50ºC, portanto é vantajoso escolher meses em que o clima não é tão quente. Os meses de março e abril podem ser um bom momento, assim como outubro e novembro.

No entanto, se você quer fugir da movimentação de turistas e não se importa com o calor, o verão é considerado baixa temporada no Egito e pode se encaixar no seu tipo de viagem.

Onde se hospedar no Egito

Cairo

Bairro em Cairo Egito
Créditos: Sherif Moharram

Cairo é a capital do Egito, portanto é o local mais comum para se hospedar durante sua estadia no país. Os bairros mais indicados para ficar no Cairo são: Zamalek, Downtown e Garden City.

Centro

O centro fica próximo de vários pontos turísticos, como a Praça Tahrir e o Museu Egípcio. Nessa região você encontrará várias acomodações baratas, restaurantes, lojas e muito mais. Por ser uma região que concentra diversos turistas e atividades, o tráfego na região é intenso. Portanto, esteja atento a isto quando for escolher sua acomodação.

Zamalek

Uma das regiões mais nobres à beira do Rio Nilo, por lá você encontra resorts famosos com piscinas e golfe. O bairro fica na região norte de Gezira, uma ilha do Cairo. Para acessá-la, você pode usar as pontes.

A região é bem tranquila e menos movimentada que o centro. Ainda assim, o bairro possui diversos restaurantes e algumas boates para quem quer curtir a noite.

Garden City

Perto do Nilo, está o pequeno bairro nobre de Garden City. O lugar é perfeito para um passeio a pé admirando a arquitetura. Afinal, a região foi construída no início do século 20 e suas ruas estão cheias de antigos palácios, vilas e residências da elite do Cairo.

Se você está procurando acomodações de luxo, esse é o lugar perfeito para encontrar hospedagens cinco estrelas.

Luxor

Templo de Luxor no Egito

Luxor é uma cidade no sul do Egito, ela se localiza onde antigamente ficava a cidade de Tebas. A região também é ótima para hospedagem, afinal, existe muita história e monumentos incríveis por lá.

East Bank

Luxor é dividida em duas partes, o East Bank corresponde a parte oriental da cidade. Nesta região você encontrará templos, hotéis e diversos serviços. Caso esteja pensando em se hospedar na cidade, essa é a melhor opção.

West Bank

West Bank fica na região ocidental, no outro lado do Rio Nilo. As acomodações são mais baratas, no entanto é uma região bem menos procurada pelos turistas.

Atrações essenciais para seu roteiro

A história do país está ligada às civilizações antigas, portanto o local é muito rico culturalmente e possui um grande acervo de bens arqueológicos, com destaque para as pirâmides. Sem dúvidas, você vai se deslumbrar ao ver todos esses monumentos. Confira a seguir quais atrações colocar no seu roteiro:

Pirâmides de Gizé

Egito

As famosas Pirâmides de Gizé são três: a de Quéops, Quéfren e Miquerinos. Os nomes se referem aos faraós da antiguidade, respectivamente avô, pai e neto que construíram as estruturas para que fossem seu local de repouso final. Por serem locais de sepultamento,   as pirâmides eram consideradas sagradas pelos egípcios antigos.

A grande Pirâmide de Gizé é a mais antiga, sendo a única das Sete Maravilhas do Mundo antigo que ainda existe. As estruturas datam de 2560 a.C e mesmo após tantos anos permanecem intactas.

Além disso, a construção dessas obras gigantescas ainda é um mistério e atrai diversos turistas curiosos para ver de perto essa arquitetura complexa da antiguidade.

Horário de funcionamento: Aberto de 1 de maio até o Ramadã das 07h às 19h e do Ramadã até 30 de abril das 07h às 17h.

Valor: 240 LE

Esfinge de Gizé

Esfinge no Egito

A figura mitológica da esfinge é facilmente reconhecida por seu corpo de leão e cabeça de humano. Em Gizé, ao lado das pirâmides, você pode encontrar essa figura esculpida em um bloco único de calcário.

A Esfinge possui 20 metros de altura e sua face é uma homenagem ao faraó Khafre. A estimativa é de que ela tenha sido esculpida durante o reinado de Quéfren, no ano de 2520 a.C.

Horário de funcionamento: Aberto de 1 de maio até o Ramadã das 07h às 19h e do Ramadã até 30 de abril das 08h às 17h.

Valor: 100 LE

Museu Egípcio

Egito

Localizado no Cairo, o Museu Egípcio é um ótimo lugar para conhecer mais sobre a antiga civilização que ali viveu. O local abriga coleções, descobertas arqueológicas, artefatos da cultura egípcia e muita história.

Alguns artigos que você encontrará no local são os sarcófagos de Yuya e Thuya, assim como os tesouros de Tanis e a Máscara mortuária de Psusennes I. Além disso, o museu também é lar das estátuas dos reis Khufu, Khafre e Menkaure.

O Museu Egípcio possui a maior coleção de antiguidades dos tempos dos faraós de qualquer outro lugar do mundo. Portanto, reserve um período da sua viagem para explorar o local com calma e apreciar tudo que ele oferece.

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta – 09h às 15h.

Valor: 200 LE

Vale das Rainhas

Vale das Rainhas no Egito

O Vale das Rainhas fica em Luxor próximo às margens do Rio Nilo e serviu por muito tempo como local de sepultamento das dinastias XIX e XX. O túmulo mais importante da região é o de Nefertari, a estrutura foi construída no ano de 1290 a.C a mando de Ramsés II. Atualmente, a tumba está fechada para visitação devido ao alto nível de umidade do local.

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta – 07h às 17h.

Valor: 260 LE

Vale dos Reis

A região do Vale dos Reis tem esse nome devido ao fato de que os governantes das dinastias XVII, XIX E XX do Novo Reino do Egito foram enterrados na região. O primeiro faraó que foi enterrado por lá foi Tutmósis I, faraó da XVIII dinastia.

O Vale dos Reis fica do outro lado da antiga cidade de Tebas e é dividido em Vales Leste e Oeste. Ao todo, são mais de sessenta túmulos e outros vinte que nunca foram acabados. Os turistas que viajam por conta própria podem comprar ingressos para ter acesso a três tumbas, já quem viaja com agências tem a chance de ver mais monumentos.

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta – 07h às 17h.

Valor: 260 LE

Khan El Khalili

Egito

O Khan El Khalili é um mercado gigante localizado no Cairo que possui mais de quatro mil lojas espalhadas por sua extensão. Seu nome é uma homenagem a seu fundador, o comerciante Jerksy al Khalili.

O mercado é conhecido por ser o mais antigo do Egito, com mais de 600 anos. Por lá, você encontrará roupas, tecidos, joias, perfumes, pratos e tantos outros souvenirs para guardar de lembrança do Egito. A nossa dica para aproveitar o local é que você pechinche, você pode fazer boas negociações e sair com vários itens pela metade do preço inicial.

Templos e Monumentos

É impossível viajar para o Egito sem conhecer seus belos Templos e tantos outros Monumetos importantes. Separamos os mais conhecidos para que você coloque na sua lista de viagem.

Saqqara

Saqqara Egito

Saqqara está situada ao sul do Cairo, mais precisamente a 40km da capital. Na região, os turistas podem encontrar a Pirâmide de Djoser, que é considerada a primeira pirâmide do mundo.

A região de Saqqara foi habitada por diversos reis e nobres durante o período de 3100 e 2686 a.C. Portanto, você pode observar diversas estruturas antigas e algumas tumbas importantes.

Entre os monumentos importantes está o Serapeum, uma galeria subterrânea onde foram enterrados Apis de várias dinastias. Os egípcios consideravam que esses touros eram a encarnação do próprio Ptah, um dos deuses mais importantes de Mênfis.

Horário de funcionamento: Segunda a Sexta – 08h às 17h.

Valor: Saqqara – 180 LE; Serapeum -150 LE

Mênfis

Egito
Créditos: Elias Rovielo

A cidade de Mênfis foi a primeira capital do Egito desde a unificação até o Primeiro Período Intermediário, no ano de 2040 a.C. Ela foi supostamente fundada pelo faraó Menes e atualmente restaram apenas algumas ruínas do que um dia a cidade já foi.

Ainda assim, é possível observar os sítios arquealógicos de Mênfis que estão em Gizé, por exemplo, os turistas costumam visitar as necrópoles de Sakara, Dahshur e outras. Além disso, você pode ver de perto a estátua de Ramsés II e a Esfinge de Alabastro.

Templo de Luxor

Templo de Luxor foi construído entre os anos 1400 e 1000 a.C. pelos faraós Amenhotep III e Ramsés II. O local está localizado a aproximadamente três quilômetros ao sul do Templo Karnak, outro ponto turístico essencial em Luxor.

Dedicado a Amon, o templo é um dos monumentos antigos mais bem preservados da história. Você pode ver as colunas e pátios, além de encontrar paredes decoradas retratando o Festival de Opet.

Horário de funcionamento: Segunda a Domingo – 07h às 20h.

Valor: 180 LE

Templo de Karnak

Também em Luxor, está localizado o Templo de Karnak. No local, os antigos egípcios realizavam cultos ao grande deus Amon de Tebas. O monumento mede 2400 metros de perímetro e é protegido por uma muralha de 8 metros de espessura.

O Templo de Karnak é ligado ao Templo de Luxor por um caminho processional ladeado de esfinges. Muitos outros templos e capelas menores fazem parte da paisagem de Karnak, sendo assim, o local é um museu ao ar livre.

Horário de funcionamento: Segunda a Domingo – 07h às 17h.

Valor: 220 LE

Abu Simbel

O templo de Abu Simbel fica na cidade de Aswan, na Núbia, ao sul do Egito. Em sua fachada existem quatro estátuas colossais sentadas, uma delas foi destruída durante um terremoto, mas seus fragmentos continuam no local.

Ao entrar no local, você pode observar as figuras de Amon-Ra, Ra-Horakhty, Ptah e Ramsés II. Durante dois dias do ano (22 de fevereiro e 22 de outubro), os raios de Sol entram no templo, atravessam o salão principal e iluminam as estátuas que estão no interior.

Horário de funcionamento: Segunda a Domingo – 07h às 17h.

Valor: 260 LE

Onde comer no Egito

Cairo possui diversos restaurantes e comidas tradicionais apetitosas que não podem ficar de fora da sua experiência no Egito. Confira alguns restaurantes da região: 

Citadel View Restaurant

O restaurate possui uma arquitetura que lembra um palácio e ainda oferece uma vista incrível para os jardins de Al Azhar. O menu é inspirado na culinária francesa, mas também oferece pratos típicos no estilo egípcio.

Endereço: Salah Salem, Cairo

Preço: $$$

Abou El Sid Restaurant

O ambiente acolhedor do Abou El Sid é o que atrai diversos turistas até o restaurante. A comida típica é deliciosa, certamente você viverá uma experiência autêntica por lá. O estabelecimeto oferece o shisha e também opções vegetarianas.

Endereço: 157 26th of July Corridor, Mohammed Mazhar, Zamalek, Cairo

Preço:$$$

Andrea Mariouteya

Em Gizé, a dica é conhecer o restaurante Andrea Mariouteya. O menu conta com comidas típicas da culinária Egípcia e Mediterrãnea. Essa é também a opção perfeita para quem quer deliciar algo ao ar livre, com uma vista magnífica da cidade. Nossa dica é que você faça sua refeição durante o pôr do sol, é bélissimo.

Endereço: New Giza Rd, Giza

Preço:$$$

Zööba 

O restaurante conseguiu dar uma nova cara à comida de rua da região. No menu você pode encontrar pratos clássicos como o Kushari, feito com grãos integrais, macarrão, arroz, lentilhas e molho de tomate. Além disso, você deve experimentar o taameya, um tipo de falafel egípcio.

Endereço: 16 26 July St, Al Gabalayah, Zamalek, Giza

Preço:$

Saigon Restaurant & Lounge

Se você está procurando por uma experiência requintata, a sua escolha deve ser o Saigon Restaurant. O cardápio oferece diversas opções da culinária asiática

Endereço:Fairmont Nile City, Nile City Towers

Preço:$$$$

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.