trilhas sul-africanas

Lion’s Head: saiba tudo sobre a trilha

A trilha de Lion’s Head é uma das preferidas dos turistas e moradores de Cape Town. Mesmo quem não tem a prática de se aventurar em meio a natureza, costuma ficar com vontade de fazer esse passeio.

Separamos algumas informações necessárias para você se aventurar nessa trilha. Confira a seguir:

Sobre a Lion’s Head

Lion's Head

A Lion’s Head é uma montanha de 669 metros localizada entre a Table Mountain e Signal Hill. O lugar faz parte do Parque Nacional da Table Mountain, nesse sentido, o local é bem preservado e seguro para fazer hiking.

O nome da montanha foi dado pelos holandeses no século XVIII, durante o período em que a África do Sul era uma colônia. A denominação “Lion’s Head” se refere ao característico formato do cume, que lembra uma cabeça de leão. 

Ao chegar no topo da montanha, é possível avistar Camps Bay, o Oceano Atlântico, Sea Point, Table Mountain, Twelve Apostles e o City Bowl. Em resumo, quase todos os principais pontos de Cape Town.

Como chegar a Trilha Lion’s Head

Para acessar a entrada da Lion’s Head, os visitantes seguem até o estacionamento da Signal Hill Road. Você pode alugar um carro ou optar por um aplicativo de transporte para se deslocar até lá .

A partir do estacionamento, você encontrará facilmente um caminho de terra que circunda a montanha e leva até o destino final. Não tem erro.

Trilha Lion’s Head

Ao contrário dos turistas que visitam a Table Mountain de bondinho, quem deseja chegar ao topo da Lion’s Head só consegue através de sua trilha. Essa caminhada é bem popular, especialmente durante o pôr do sol.

Mapa trilha Lions Head
Mapa trilha Lion’s Head

A trilha se estende ao longo de 5 km (ida e volta), portanto esse percurso pode ser feito em aproximadamente 2 horas. Aliás, é importante saber que a Lion’s Head classifica-se como nível intermediário, portanto o caminho é mais difícil para quem não está acostumado a fazer esse tipo de escalada.

Inclusive, existem dois percursos na montanha: um para turistas, no qual o hiking é mais fácil, e outro para quem gosta de algo mais desafiador. Ambos os trechos são bem sinalizados, você saberá qual seguir de acordo com a informação das placas. 

Ainda que a subida seja mais difícil que algumas outras trilhas, vale a pena chegar ao final e assistir a paisagem lá do alto.

Qual a melhor hora para subir a Lion ‘s Head?

Quem visita a Lion’s Head garante que o melhor momento para subir é durante o pôr do sol. Afinal, as luzes proporcionam um visual inesquecível. Para chegar no topo da montanha no horário certo, o ideal é começar a subir a trilha no máximo até as 16h.

Porém, vale lembrar que a descida após o pôr do sol pode ser um pouco complicada devido a escuridão. Leve sua lanterna e desça devagar.

Alguns turistas também gostam de fazer a escalada em noite de lua cheia, assim a luz natural consegue deixar o caminho mais visível. É comum se reunir em grupos e apreciar o céu, além da vista de Cape Town obviamente.

Independentemente do horário da subida, certamente é um momento inesquecível!

Dicas para fazer a trilha

Não vá sozinho

Fazer a trilha sozinho pode ser perigoso, caso algum acidente ocorra se torna mais difícil buscar ajuda. Então, sempre faça a trilha em grupo ou com um guia. 

Leve Itens Essenciais

Assim como em qualquer caminhada, alguns itens são essenciais: garrafa com água, protetor solar, sapatos adequados e chapéu para se proteger do sol.

Se prepare

Antes de começar a escalada, faça alguns alongamentos. Se você planejou sua viagem para o próximo mês, tente fortalecer os músculos da perna nesse meio tempo, assim o passeio vai ser bem mais fácil.

Por que escolher Lion’s Head para fazer hiking?

Após quase dois anos de reclusão, muitos viajantes têm a vontade de retornar às suas aventuras. Conforme a vacinação avançou, as fronteiras foram reabertas e o turismo voltou a ser possível. Então, mais pessoas estão procurando lugares ao ar livre e com experiências diversas para conhecer.

A Lion’s Head é a definição perfeita do que os amantes de trekking e hikings estão buscando. Muita tranquilidade, uma paisagem incrível e vários desafios até o objetivo final.

Além disso, a trilha se localiza em Cape Town, uma cidade que está recheada de atrações para explorar e diversos pontos turísticos em meio a natureza.

Vale lembrar que passeios ao ar livre são mais seguros que atrações turísticas em ambientes fechados. Portanto, ainda que existam diferentes níveis de lockdown na cidade, as atividades de caminhada são permitidas nas reservas e parques ambientais. As únicas limitações impostas se dão a partir do nível de alerta 3. Nessa fase, os hikings devem ser realizados entre as 6h e 18h, evitando a formação de grandes grupos.

Ficou com vontade de fazer essa trilha? Planeje com a nossa assessora de viagens a sua viagem para Cape Town!

#3 trilhas para fazer na Table Mountain

Ainda que o Bondinho (Cable Car) seja o meio de transporte mais prático para subir a Table Mountain, existem turistas que se desafiam pelas trilhas da montanha.

Quem opta por esse tipo de passeio consegue explorar bem mais a fauna e a flora do lugar, além de se sentir recompensado com a paisagem maravilhosa ao final da trilha.

Se você está pensando em caminhar pela Table Mountain é bom se preparar. Veja qual trilha corresponde ao seu nível de dificuldade e não subestime os seus limites.

Antes de mais nada, é sempre bom ficar atento a algumas recomendações básicas.

Dicas de segurança ao fazer trilhas na Table Mountain

Não vá sozinho

Ir sozinho pode ser perigoso porque se algum acidente acontecer, será mais difícil buscar ajuda. Então, sempre faça a trilha em grupo e se estiver viajando sozinho tente achar pessoas que estejam indo para o local ou contrate um guia. 

Leve o Básico

Assim como em qualquer outra caminhada, não deixe de levar os principais itens: garrafa de 1,5L com água, protetor solar, sapatos adequados e chapéu para se proteger do sol. Também é válido verificar o clima antes de partir para a aventura, venta bastante em Cape Town e o casaco se torna um item essencial.

Siga as trilhas

Não tente pegar atalhos ou caminhar por lugares desconhecidos. Siga o que é recomendado pelo parque. Caso você possua um chip local, o sinal estará disponível durante a caminhada, então se ficar em dúvida sobre onde está é possível acessar seu Google Maps para se localizar.

1# Trilha Table Mountain – Platteklip Gorge

Extensão: 4,6 km

Duração da trilha: 3 horas

Sendo considerada uma das rotas mais populares da Table Mountain, a trilha de Platteklip Gorge é cheia de degraus de pedra que levam até o topo com 1080 metros de altitude. Leva-se em torno de duas horas e meia para subir até o topo.

Ao fazer o hiking você perceberá que o caminho é um grande zigue-zague pela montanha, não estranhe é assim mesmo. 

Principalmente para quem não está acostumado, o caminho pode ser um pouco cansativo. Ainda assim, vale muito a pena pelo visual incrível.

Como chegar?

O começo da trilha fica na base da Table Mountain e para chegar lá você pode pegar o ônibus MyCiti (107) e saltar na estação Kloof Nek. Você também pode usar o transporte de turismo Cityseeing ou ainda um Uber.

2# Trilha Table Mountain – Kasteelspoort

Extensão: 9 km

Duração da trilha: 5 horas

A trilha de Kasteelspoort é perfeita para quem ama longas caminhadas e procura uma rota menos movimentada. Quem faz o percurso consegue ter uma bela vista do Oceano Atlântico e de Camps Bay. Ainda é possível ver a Lions Head e até mesmo a Robben Island em dias claros.

Quando chegar no topo, você pode seguir por outras trilhas indicadas, ou apenas aproveitar para tirar muitas fotos e voltar pelo mesmo caminho.

Como chegar

Existem duas opções de ponto de partida: você pode começar do início da trilha de Pipe Track que fica na Kloof Nek (o que torna a caminhada mais longa), ou então pode estacionar na Theresa Road e subir até a Jeep Track seguindo para a Kasteelspoort.

3# Trilha Table Mountain – Skeleton Gorge

Extensão: 3 km

Duração da trilha: 2 a 3 horas

Placa Skeleton Gorge por Jacques Marais

A Skeleton Gorge conta com 3 km de extensão e diferente das outras trilhas citadas ela possui uma dificuldade maior na escalada. Durante a caminhada você se sentirá imerso numa grande floresta fechada, conforme for chegando próximo do topo é possível avistar paisagens espetaculares.

Devido ao seu nível de dificuldade, ela não é recomendada para caminhantes que estão se desafiando pela primeira vez.

Como chegar

O ponto de partida se encontra dentro do Jardim Botânico Kirstenbosch, então para subir a trilha é preciso pagar a taxa de entrada do parque. Normalmente, os turistas costumam descansar na Breakfast Rock ou na “praia” do reservatório de Hely-Hutchinson antes de continuar até a o ponto final, o Maclear’s Beacon.


Já fez alguma dessas trilhas? Conta pra gente como foi a sua experiência! Se você está planejando uma viagem para Cape Town, faça um roteiro personalizado com a nossa assessora de viagens.