A África do Sul é conhecida por suas belezas naturais e passeios radicais, porém o país tem muito a oferecer com suas atrações culturais. Seja em sua arquitetura, história, arte, gastronomia e tantos outros passeios incríveis. Para que você saiba como montar seu roteiro, separamos 5 lugares para visitar no território sul-africano.

Apartheid Museum

Atrações Culturais Apartheid

Em Joanesburgo, a maior cidade da África do Sul, existe muita história de luta e resistência contra o regime segregacionista que perdurou por 44 anos no país. O Museu do Apartheid retrata o início e o final desse período.

O lugar foi inaugurado em 2001 e, atualmente, é reconhecido como o museu mais proeminente no mundo ao tratar sobre esse momento da história.

A sociedade sul-africana mudou completamente com a extinção do apartheid. Quem visita o museu consegue entender o passado e perceber que a África do Sul está criando um futuro mais justo para todos.

Entrada: 150 rands por pessoa.

Horário: segunda a domingo, 09h às 17h.

Mandela House

Também localizada em Joanesburgo, a casa de Mandela é um dos principais pontos turísticos de Soweto. O bairro foi lar de dois ganhadores do Nobel da Paz: Nelson Mandela e Bispo Desmond Tutu. Curiosamente, ambos viveram e moraram na mesma rua, a Vilakasi Street.

Com o propósito de contar a história do ex-presidente sul-africano, a casa de Mandela foi transformada num museu. Ela foi construída em 1945, mas Nelson Mandela se mudou para o local apenas em 1946. O ativista morou na casa com sua esposa e seu filho mais velho. Após o divórcio, em 1957, ele passou a viver no local com a nova esposa, Winnie. 

A Mandela House reproduz quadros, fotografias, móveis e vários artigos pessoais da época que o ativista viveu na casa. Com certeza, você se sentirá dentro de uma capsula do tempo. 

Entrada: 60 rands por adulto.

Horário: segunda a domingo, de 9h às 16h45.

Zeitz Mocaa

Quem visita Cape Town fica maravilhado com o Zeitz Mocaa. Afinal, esse é o maior museu de arte contemporânea do continente africano. Sua inauguração ocorreu em 2017 e desde então já recebeu diversas exibições artísticas.

Ainda que as artes e exposições sejam incríveis, o que mais chama a atenção do local é sua arquitetura. O Mocaa foi construído num antigo silo de grãos. Devido ao grande espaço, foi possível montar uma estrutura com nove andares e abrigar várias galerias.

O museu oferece exibições temporárias e também permanentes. Só para exemplificar, o Zeitz recebeu nos últimos anos mostras sobre fotografia, moda e Moving Image. Além disso, a instituição é responsável pelo Centro de Educação Artística, o Centro de Imagem em Movimento e um espaço para artistas emergentes.

Entrada: 210 rands por adulto.

Horário: quinta a domingo, de 10h às 16h.

District Six Museum

Atrações Culturais África do Sul

Em Cape Town, o apartheid também afetou diversas vidas. Mas principalmente no bairro Distrito Seis, o qual era habitado por uma comunidade multicultural e étnica. Por causa da Lei das Áreas de Agrupamento, no dia 11 de fevereiro de 1966 o governo declarou a região como uma área exclusiva para brancos. Logo em seguida, os moradores do bairro foram retirados do local.

Com o fim do regime segregacionista, mais pessoas começaram a buscar histórias e a vivência no bairro. Sendo assim, criaram o museu District Six para exibir fotos e documentos que mostrassem a resistência dessa comunidade durante o apartheid. Atualmente, as tours do museu são feitas por antigos residentes do bairro. Então, os visitantes conseguem ter uma experiência mais real do que aconteceu ali no passado.

Entrada: 30 rands por pessoa (visita auto-guiada) ou 55 rands por pessoa (com guia)

Horário: segunda a sábado, de 9h às 16h.

Castle of Good Hope

Atrações Culturais África

A África do Sul cuida de alguns prédios e estruturas do tempo colonial, um exemplo disso é o Castelo da Boa Esperança. Conhecido como o edifício mais antigo do país, a construção se localiza em Cape Town e foi erguido pela Companhia Holandesa das Índias Orientais.

Durante o ano de 1999, o local foi restaurado e transformado em museu. Em sua visita, você pode observar antigas mobílias da época colonial, artefatos preservados e até mesmo pinturas. Além disso, o museu dá acesso ao Castle Military Museum e ao William Fehr Collection.

Uma parte do castelo foi usada como prisão na Segunda Guerra dos Bôeres (1899-1902), por isso é possível visitar algumas celas que permaneceram no local.

Entrada: 50 rands por adulto, crianças pagam meia.

Horário: segunda a domingo, de 9h às 16h.

Dicas para visitar atrações culturais na África do Sul

  • Consulte sempre o site do museu ou passeio que irá fazer, pois os preços e horários podem sofrer alterações;
  • Em espaços fechados, sempre use máscara e faça a higienização correta das mãos;
  • Ainda que os museus não sejam os principais pontos turísticos na África do Sul, compre seu ingresso com antecedência durante a alta temporada para garantir sua entrada;
  • Se você quiser um passeio mais completo, lembre que existe sempre a possibilidade de contratar um guia;

Atrações culturais: melhor época para conhecer

É possível visitar museus e atrações culturais na África do Sul o ano inteiro. Apesar disso, algumas atrações tem mais procura em determinadas épocas do ano. Sendo assim, em alguns meses existem grandes filas e bastante movimentação.

A época de baixa temporada é o inverno, ou seja, entre os meses de junho e agosto. O clima fica mais seco e muitos turistas preferem visitar a região do Kruger para avistar animais.

Já o verão, nos meses de outubro até março, atrai bastante turistas. Esses meses são de alta temporada, por isso os preços aumentam e mais pessoas procuram os passeios culturais.

Caso você queira visitar os safáris, as praias e também museus, vale a pena embarcar para a África do Sul nos meses de meia estação.

Quais atrações culturais você deseja visitar?

Diante de tantos passeios interessantes, aposto que você encontrou o seu preferido. Comente aqui se você já visitou alguma dessas atrações. Caso você queira planejar uma viagem para a África do Sul, converse com a nossa assessora de viagem para saber o melhor roteiro.

2 comentários em “#5 atrações culturais na África do Sul”

  1. Pingback: Pilanesberg ou Kruger: qual escolher? - Viin | Tudo sobre viagens para a África

  2. Pingback: Sun City Resort: um lugar incrível na África do Sul - Viin | Tudo sobre viagens para a África

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.