A Rota Jardim é uma das atrações mais visitadas da África do Sul. O percurso possui aproximadamente 324 km de distância, indo de Port Elizabeth a Georgetown, ou o contrário, dependendo de onde você inicia a rota. Pelo caminho é possível encontrar várias atrações famosas do país, como o Tsitsikamma National Park, Jeffreys Bay e Knsyan.

Esse roteiro é ideal para quem tem mais flexibilidade de tempo, podendo explorar com calma tudo o que ela tem a oferecer.

Abordaremos aqui:

Partindo de Port Elizabeth

Em primeiro lugar, recomendamos alugar um carro em Port Elizabeth, a documentação de habilitação brasileira (CNH) é válida na África do Sul. Ainda assim, é bom verificar se a locadora na qual planeja alugar seu carro exige que você tenha a Permissão Internacional para Dirigir (PID), desse modo você evita complicações.

Depois de arrumar um modo de locomoção para seguir a rota, conheça Port Elizabeth. Ela é considerada a quinta maior cidade da África do Sul e muitas vezes é vista como um ponto estratégico para chegar a outros lugares. Porém dá para aproveitar a estadia por lá, se você estiver com tempo.

Addo Elephant Park

Addo Elephant Park

O Addo é um parque de preservação animal bem conhecido, sem dúvida o que mais chama atenção por lá são os elefantes. Se você deseja conhecê-los de perto, pode optar por fazer um self drive safári ou contratar uma tour do próprio local. Garantimos que não vai se arrepender e o melhor é que o lugar fica a 30 minutos de Port Elizabeth.

Pinguins em SAMREC

Se avistar elefantes não foi o suficiente para você, que tal conhecer os pinguins de SAMREC? O local é um dos maiores centros de reabilitação para pinguins de Port Elizabeth, o objetivo é cuidar dos animais que chegam machucados por anzóis, redes ou são vítimas de vazamentos de óleos. Você pode conhecer mais sobre o trabalho deles e ainda tirar fotos.

Jeffrey’s Bay

Jeffrey’s Bay já se tornou parada obrigatória para os surfistas. Por lá, você encontra lojas de grandes marcas do surf com um bom preço, se você está procurando algo da Quick Silver ou Billabong aproveite para gastar nos outlets. Ainda que surfar não seja o seu tipo de passeio, não deixe de aproveitar as praias e se deliciar com a vista incrível.

Tsitsikamma National Park

Tsitsikamma National Park
Tsitsikamma National Park por fry_theonly

O Tsitsikamma é conhecido como o jardim da Rota Jardim, especialmente devido a paisagem e florestas que o cercam. Não só isto, mas o local possui pontes suspensas que atravessam o Storms River Mouth, decerto você já viu fotos dessa maravilha circulando por aí.

Dentre as paradas obrigatórias, também está a Big Tree, uma Yellowwood de oitocentos anos que se estende em majestosos 36 metros de altura. Realmente é um lugar para ser apreciado com calma.

Bungee Jump na Bloukrans Bungy

Próximo a Tsitsikamma, fica o maior bungee jump de ponte do mundo, o salto é feito da Bloukrans Bridge Bungy e possui 236 metros de altura. Em outras palavras, é preciso muita coragem para enfrentar essa atração. Você pode saber mais sobre o passeio no site da Face Adrenalin.

Plettenberg Bay

A próxima parada da rota é Plettenberg Bay, essa cidade é bem movimentada, nesse ponto você encontra diversas opções de hotéis e restaurantes para acrescentar no seu percurso. Porém, o que mais atrai os visitantes são as trilhas com vistas incríveis e a possibilidade de ver golfinhos pela região. Os turistas aventureiros ainda arriscam saltar de paraquedas, para isso verifique se as condições climáticas estão favoráveis.

Elephant Sanctuary

Elefantes Rota Jardim

Não só os golfinhos chamam a atração em Plettenberg, também existe um Santuário de Elefantes na cidade. Toda a experiência é bem educativa e feita com todo cuidado. Os visitantes podem se aproximar dos animais durante caminhadas pelo local. Para esse passeio faça uma reserva antecipada.

Knysna

A cidade de Knysna consegue surpreender seus visitantes, o clima agradável e a paisagem são perfeitos para uma estadia mais prolongada. Assim como Cape Town, Knysna tem um Waterfront repleto de lojinhas e restaurantes, ele fica às margens do Lago de Knysna. Como resultado, não faltam passeios de barco pelo local.

Por ser cercada pelo mar, seria quase impossível não recomendar a visita a alguma das praias da cidadezinha, nesse sentido, procure pela bela Buffalo Bay Beach.

Outra atração são as “Heads”, um conjunto geográfico de arenitos que ficam em volta da lagoa Knysna. Essas enormes pedras possuem mirantes e, de cima do seu topo, os turistas conseguem ter uma vista panorâmica de tudo ao redor.

Knysna Elephant Park

Caso você não tenha conseguido parar para ver os elefantes no Addo Elephant Park no início da Rota Jardim, existe a chance de conhecer os amigáveis grandalhões no Knysna Elephant Park. Neste santuário, você pode caminhar lado a lado com os animais e alimentá-los.

George Town e Cape Agulhas

As atrações de George Town e Cape Agulhas nem sempre estão incluídas na Rota Jardim,  parar por lá é opcional.

George Town não é a cidade mais famosa da rota, porém ela é bem comercial e pode oferecer mercados, hotéis, shoppings e outras facilidades para sua reta final até Cape Town. Apesar disso, o local tem seu encanto e atrai os turistas que gostam de história, você pode explorar também o Outeniqua Power Van, um trem com dois vagões que viaja pelas montanhas de Outeniqua. Você pode saber mais sobre o passeio através do email da companhia.

Assim como George Town, Cape Agulhas muitas vezes se torna um passeio opcional para quem faz a Garden Route. A atração fica no extremo sul do continente africano. É nele que ocorre o encontro dos oceanos Índico e Atlântico. O nome tem relação com a agulha das bússolas que sempre apontavam para o norte geográfico, algo incomum, mas que por causa da declinação magnética nula do local ocorre.

Parada Extra até Cape Town

Hermanus

Antes de finalmente chegar a Cape Town, os turistas costumam passar por Hermanus. A cidade litorânea ganhou fama devido às baleias que aparecem no local. É bem provável que você veja os animais nos meses de julho e novembro.

Finalizando o roteiro, é o momento de partir para Cape Town,leva cerca de uma hora e meia até chegar lá. Não deixe de conferir o nosso guia completo sobre a cidade e aproveite as melhores atrações.

Quanto tempo leva para fazer a Rota Jardim?

O tempo gasto para percorrer a Garden Route varia bastante, aqueles que querem fazer o roteiro completo aqui descrito podem levar até 5 noites. Entretanto, nem todo mundo faz toda a rota, você pode visitar apenas algumas dessas atrações e pernoitar menos dias, então esteja atento ao que se adequa aos seus objetivos.

E aí? Animado para fazer a rota? Conta aqui o que você mais quer ver!

1 comentário em “Como fazer a Rota Jardim?”

  1. Pingback: Praias na África do Sul: Saiba Quais Visitar - Blog - Livelle Beachwear

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.